Identificando o pensamento tóxico

Vamos entender o significado da palavra pensamento. Segundo o dicionário Aurélio, o pensamento é o ato de pensar, de tomar consciência, de refletir ou meditar,  faculdade de conceber, de combinar e comparar ideias, inteligência, ato particular da mente, o resultado deste ato, reflexão.

Para o psicólogo americano Burrhus Frederic Skinner em seu livro About Behaviorism, o pensamento pode ser compreendido como um comportamento privado, verbal ou não verbal, encoberto, ou seja, não manifestado no sentido de que não pode ser detectado por outras pessoas e que necessita ser explicado ou deduzido.

Os pensamentos tóxicos são os pensamentos que provocam em nós, sentimentos ofensivos. Todo pensamento gera um sentimento que leva a uma ação, a qual poderá ser negativa ou positiva, tudo dependerá de como estão esses pensamentos.

O homem foi criado para pensar. Essa capacidade foi proporcionada por Deus à humanidade. A mente do homem tem a capacidade de pensar de forma rápida. São diversos pensamentos se formando diariamente em uma só mente. Quando você pensa, causa uma expressão genética em seu cérebro, isso significa que é gerada proteína que se tornará um pensamento. Os pensamentos geram um estado comportamental real.

Quando o pensamento tóxico é produzido, todo o organismo é prejudicado, pois existe um sistema completo trabalhando em conjunto e gerando diferentes níveis de estresse.

Dica:  Devemos ter consciência de que somos um sistema funcionando de forma programada com nosso cérebro, portanto, quando identificamos um pensamento tóxico, precisamos tomar a decisão de aceitá-lo ou não.

Nesse processo, temos cerca de dez minutos para decidir corretamente ou intoxicaremos o nosso corpo.

Você já parou para pensar o quanto tem sido intoxicado por seus pensamentos?